TOP 5 Fórmula 1 - Lances Pitorescos

Em mais um episódio dos Tops da Fórmula 1 na temporada 2017, chegamos para contar os cinco lances mais pitorescos que vimos no ano. Coisas das mais curiosas e diferentes que vimos e que mais chamaram a atenção em 2017.

5 - Rádios de Fernando Alonso

Desde que ficou evidente a imensa falta de confiabilidade das unidades de potência da Honda, o espanhol Fernando Alonso foi um dos críticos mais contumazes do desempenho pífio do motor através do rádio de comunicação com a equipe McLaren. No GP da Rússia, o motor Honda deixou Alonso na mão, e o engenheiro tentou passar uma instrução, mas Fernando tascou: "já tentei, agora tente você mesmo". E ainda fomos brindados pelo rádio do espanhol reclamando de Jolyon Palmer incessantemente após cortar uma chicane em sua frente no GP da Itália. Alonso mostrou sua inconformidade no rádio com a punição de cinco segundos para o britânico. Após insistir em saber sobre o paradeiro de Palmer, o engenheiro disse que o britânico havia abandonado, e eis que Alonso solta uma pérola: "KARMA!". 
Toda vez que o rádio de Alonso aparece na transmissão, cria-se uma expectativa pelo que vem. Foto: Marca

4 - A vela que acabou com as chances de Vettel em Suzuka

O santo da Ferrari largou a equipe de mão na segunda metade do campeonato, visto que, quando não era algum acidente, algum problema acontecia em alguma peça do carro de Sebastian Vettel. Em Suzuka, foi uma vela de ignição que arrasou com o ritmo do alemão e o tirou da prova. O problema é que Vettel já não podia mais se dar ao luxo de perder pontos na briga com Lewis Hamilton, e o abandono em Suzuka pôs uma pá de cal em suas chances de levar o penta em 2017. Mas o que tem de pitoresco nisso? A vela de ignição é uma peça que pode custar até 300 reais - um valor irrisório se comprarmos com outras peças de um Fórmula 1 que são caríssimas.
A peça da discórdia que acabou com as chances de Vettel encostar em Lewis Hamilton. 

3 - Ligações de Alonso e Neymar por rádio

A gestão do grupo Liberty Media trouxe novos paradigmas para a Fórmula 1, um deles foi a possibilidade de os pilotos poderem falar com alguém de fora do raio do circuito, por telefone. Foi o caso de Fernando Alonso, direto de Indianápolis, podendo conversar com Jenson Button, que o substituía no GP de Mônaco.

Conversa entre Alonso e Button foi uma grande novidade para a Fórmula 1. Foto: YouTube
Outra ligação que aconteceu na Fórmula 1 em 2017 foi do atacante Neymar. O brasileiro ligou para Lewis Hamilton parabenizando o britânico pelo tetracampeonato no México. Mais uma das sacadas da Liberty Media que oxigenam a F1.
Neymar é amigo do astro Lewis Hamilton. Foto: Give Me Sport

2 - Abertura do GP de Austin

A abertura do Grande Prêmio dos Estados Unidos, em Austin, teve pompa e gala dignas de 500 Milhas de Indianápolis, mas com um toque mais espetaculoso como a Fórmula 1 traz. O announcer de boxe Michael Buffer foi o apresentador da abertura, chamando todos os pilotos como se fossem algum astro do boxe, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton ficaram frente a frente como se estivessem em uma encarada pré-luta, o hino americano cantado a plenos pulmões por um militar, tudo o que mais identifica o espetáculo produzido nos EUA foi destaque no GP de Austin.
No clima de Let's Get Ready To Rumble! Foto: LAT Images

1 - Alonso na Indy 500

Em situação nada tranquila com a McLaren-Honda na Fórmula 1, Fernando Alonso decidiu ampliar seus horizontes na carreira ao decidir se aventurar nas 500 Milhas de Indianápolis. Recebido como grande estrela, Alonso esteve longe de fazer feio, pelo contrário. O espanhol chegou a liderar um bom número de voltas da corrida, mas, no trecho final de corrida, ficou para trás e o motor Honda (olha a ironia) de seu carro #29 estourou a 21 voltas do término da prova. De qualquer forma, Alonso marcou história e deixou seu nome na Fórmula Indy com a experiência única de guiar o carro em Indianápolis.
Alonso desbravou a América na edição 2017 das 500 Milhas de Indianápolis. Foto: Automobile Magazine
Tivemos lances pitorescos de todos os tipos. E 2018 sem sombra de dúvidas oferecerá mais destes momentos curiosos, que acabam ficando guardados em nossas memórias seja por ser histórico, gozado ou apenas interessante.
Share on Google Plus

About Maurício Colares Simões

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: